fbpx
Trabalhe Conosco
Imagem Destacada

Como funciona o sistema de purificação de água?

A purificação da água é um conjunto de processos com o objetivo de remover substâncias químicas indesejáveis, microrganismos e sólidos em suspensão até níveis preestabelecidos. A água para consumo humano (potável) já passa por tratamento e desinfecção em que são removidos matéria orgânica, bactérias patogênicas e outros contaminantes, mas para obter água purificada requer mais etapas e tecnologias mais sofisticadas cujo resultado será uma água com um maior grau de pureza. A água purificada pode ser utilizada para aplicações médicas (hemodiálise e higiene de materiais médicos), farmacológicas (preparação de medicamentos não estéreis) e industriais.

No artigo desta semana, falaremos sobre:

  • o processo de purificação da água;
  • a importância da água de alimentação e;
  • quais ações ajudam na manutenção desses sistemas. 

Quais são as etapas do processo de purificação de água? 

As etapas de purificação podem mudar de acordo com a finalidade que daremos à água. As etapas de purificação sugeridas a seguir  são aplicáveis a águas utilizadas para preparação de medicamentos não estéreis, processos laboratoriais e para higiene de materiais médicos (CME) que utilizam água da rede pública para alimentar o processo. 

O  sistema deverá conter filtros de pré tratamento (multimídia, leito misto, carvão ativado,  abrandador) e osmose reversa. O ideal é ter um sistema de recirculação constante, evitando que a água fique parada, além de lâmpadas UV no retorno do tanque.

Fluxograma demonstrando as etapas do processo de purificação da água. 

Abaixo descrevemos o funcionamento das etapas do processo: 

Pré filtros:  

São filtros iniciais que vão realizar a desmineralização da água, reter agentes oxidantes, microorganismos e partículas maiores, como areia e sedimentos em suspensão na água de abastecimento. Os pré filtros são muito importantes, pois  evitam problemas de deposição e incrustação, que irão causar perda na eficiência do sistema de osmose reversa pelo entupimento de membranas.  

Normalmente os  pré filtros seguem a seguinte configuração: 

  • Filtro multimídia: também chamado de filtro multimeios é o primeiro passo do processo para obtenção da água purificada. Nessa etapa a  água vai passar por um tanque com diferentes meios filtrantes: seixos rolados, antracita, quartzo entre outros removendo mecanicamente partículas em suspensão de até 15 micra (μm).
  • Abrandador: são utilizados para redução dos teores de cálcio e magnésio em água dura através de um processo parcial de troca iônica. Quando a água passa pelo leito de resina catiônica, os íons cálcio e magnésio, Ca2+ e Mg2+, solúveis na água, são retidos no grupamento do ácido sulfônico e os íons sódio, (Na+), da resina, liberados para a água. 
  • Leito misto: também realiza o processo de desmineralização por troca iônica, mas no caso do leito misto, às duas resinas (catiônicas e aniônicas) estão misturadas em um mesmo vaso e é utilizado normalmente como polimento após uma etapa de desmineralização.  Esse método é utilizado principalmente na água da indústria farmacêutica que precisa de um alto controle de saís na água de produção. 
  • Carvão Ativado (Adsorção):  por conta da sua superfície porosa, o carvão ativado consegue adsorver partículas presentes na água, que são muito pequenas, como, por exemplo o cloro, substâncias orgânicas, moléculas de líquido ou gases que se ligam à superfície de um sólido ou líquido.

Osmose Reversa:

A osmose reversa faz a remoção de substâncias como compostos orgânicos e inorgânicos, bactérias e pirogênios, com tamanho inferior a 0,001 μm. Desse modo, o processo que utiliza uma pressão externa superior à pressão osmótica, a água atravessa uma membrana semipermeável, que vai permitir a passagem da água e reter substâncias indesejáveis. 

Lâmpadas UV no retorno ao tanque: 

A água que sai do processo de osmose reversa (permeado) é armazenada em um reservatório de água purificada. Entretanto, por conta da ausência de cloro a água purificada pode se contaminar rapidamente, por isso precisa de cuidados no seu armazenamento. Sendo assim, a água deve ser mantida em recirculação constante, por meio de seu sistema de distribuição.

Além disso, é importante ter um sistema de Lâmpadas UV no retorno do tanque. As lâmpadas  UV atuam no material genético dos microrganismos causando a sua inativação e garantindo a segurança da água armazenada. 

Qual a importância da qualidade da água de alimentação? 

O ponto fundamental para qualquer processo de purificação de água é a qualidade da água de alimentação do sistema. Normalmente utilizamos a  água potável como a matéria-prima para a água purificada, logo se a água não estiver nas especificações adequadas, o sistema de purificação pode não conseguir reter as impurezas resultando na deposição de matéria orgânica, incrustações nas membranas e facilitando o desenvolvimento de biofilmes no sistema. 

Desse modo, a água potável deve estar em conformidade com os parâmetros físicos, químicos e microbiológicos e também passar por processos de desinfecção e cloração, para atender o padrão de potabilidade estabelecido na Portaria de Consolidação Nº 5, ou PCR Nº 5, de 28 de Setembro de 2017, anexo XX

Quais são as ações de manutenção? 

Para garantir a qualidade da água purificada é preciso realizar o monitoramento da qualidade da água, a manutenção e higienização dos sistemas de purificação e dos reservatórios da água potável e purificada. 

Filtro antes das medidas de manutenção e higienização adequadas.
Mesmo filtro após aplicar as medidas de manutenção e higienização adequadamente.
  • Verifique periodicamente as membranas do sistema de osmose reversa e as resinas dos sistemas de desionização;
  • Verifique o nível de saturação dos pré filtros para particulados e de carvão ativado;
  • Realize periodicamente a higienização no sistema: o processo de higienização consiste na remoção de biofilmes nas membranas, resinas e nas paredes dos purificadores com agente sanitizante adequado. Além disso, é importante que a tecnologia utilizada no processo semestral de higienização dos reservatórios da água de alimentação também remova  os biofilmes; 
  • Realizar análises físico-químicas e microbiológicas da água purificada trimestralmente, com o objetivo de monitorar o processo; 
  • Faça o monitoramento da qualidade da água de abastecimento. Realizar análises físico-químicas e microbiológicas da água de abastecimento da osmose reversa ajuda a  identificar potenciais incrustantes e contaminantes microbiológicos. Além disso, os dados das análises físico-químicas podem ser usados ​​pelos projetistas de equipamentos para determinar a matriz de membrana ótima que irá minimizar a tendência de formação de depósitos. 

A MICROAMBIENTAL POSSUI UM CONJUNTO DE SERVIÇOS PARA MONITORAR A QUALIDADE DA ÁGUA: 

A Microambiental é uma empresa com mais de 20 anos de experiência em controle microbiológico em água. Dispomos de soluções completas para monitorar a qualidade da água de produção e o desenvolvimento de biofilmes.  Além disso, contamos com uma equipe de atendimento técnico que presta assessoria aos clientes na resolução de não conformidades nas análises.





POSTS RELACIONADOS

Precisa de ajuda? Converse Conosco