fbpx
Trabalhe Conosco
Unidade São Paulo

 ligue (11) 4228-1351 ou preencha o formulário abaixo para solicitar um orçamento gratuito

Solicite um orçamento gratuito

Limpeza de Caixas d’água e Higienização de Reservatórios em São Paulo

A Microambiental desenvolveu uma nova tecnologia para prestação de serviços de limpeza de caixas d’água e higienização de reservatórios em São Paulo, com intuito de oferecer soluções mais eficientes do que as existentes no mercado.

Vídeo da Limpeza de Caixas D’ água | São Paulo

 

Diferenciais da Microambiental

  • Rápida: Nas operações de limpeza de caixas d’água e de higienização de reservatórios de água são aplicados produtos que agem na remoção instantânea dos depósitos (ferrugem, manganês e carbonatos) e dispensam a utilização de hidrojateamento de alta pressão, esfregões, escovas e buchas.
  • Remove o biofilme: Os produtos atuam na desestabilização dos biofilmes e eliminação dos micro-organismos.
  • Não compromete o revestimento dos reservatórios/caixas d’água: Os produtos são aplicados nas superfícies em baixa pressão por meio de nebulizadores.
  • Atinge todas as superfícies: São utilizadas varas telescópicas que podem alcançar até 9 metros e dispensam a montagem de andaimes no interior dos reservatórios.
  • A favor do meio ambiente: Os produtos são biodegradáveis e livres de cloro e, por isso, não geram compostos pós-desinfecção.

Legislações relevantes para limpeza de caixas d’água e higienização de reservatórios em hospitais, empresas alimentícias e empresas farmacêuticas:

Portaria Centro de Vigilância (CVS) nº 5/2013:

Dispõe sobre os requisitos para estabelecimentos comerciais de alimentos e para os serviços de alimentação de modo a garantir as condições sanitárias. A higienização do reservatório deve ser executada conforme métodos recomendados por instituições qualificadas, e realizada a cada seis meses, ou na ocorrência de acidentes que possam contaminar a água, tais como queda de animais, sujeira, enchentes, entre outros.

RDC Nº 63 de 25/11/2011 (ANVISA):

Dispõe sobre os requisitos de boas práticas de funcionamento para os serviços de saúde. Descreve que os serviços de saúde devem garantir a qualidade da água necessária ao funcionamento de suas unidades e garantir a limpeza dos reservatórios de água a cada seis meses;

RDC Nº 216 de 15/09/2004 (ANVISA):

Dispõe sobre regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação. Descreve que os reservatórios de água devem atender aos requisitos de qualidade relacionados aos aspectos estruturais e de funcionalidade (livre de rachaduras, vazamentos, infiltrações, descascamentos dentre outros defeitos). O reservatório de água deve ser higienizado, em um intervalo máximo de seis meses, devendo ser mantidos registros da operação.

RDC Nº 11:

Dispõe os padrões de qualidade de água para hemodiálise. Descreve que a qualidade da água potável deve ser monitorada e registrada, em amostras coletadas na entrada do reservatório de água potável e na entrada do subsistema de tratamento de água para hemodiálise. Além disso, a higienização do tanque que reserva água purificada deve ser realizada mensalmente.

PCR Nº5:

O anexo do documento estabelece o Controle e a Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano e seu Padrão de Potabilidade. Depois da entrada do cavalete é responsabilidade da empresa realizar controles e ações para manter os padrões de potabilidade da água nos pontos de consumo, como torneiras, bebedouros e chuveiros. Entre os controles e ações, podemos citar a higienização de reservatórios, análises de água e cloração.

Segurança do trabalho nas operações de limpeza de caixas d’água e higienização de reservatórios

A Microambiental conta com uma equipe, em São Paulo, treinada e certificada para operações de risco.

Atestado de Saúde Ocupacional (ASO): todos o colaboradores da Microambiental apresentam declaração médica que garante que a saúde do operador está de acordo com os riscos a que ele estará exposto em sua atividade.

Certificado de NR35: nossa equipe é devidamente treinada para desempenhar trabalho em altura, aplicável acima de 2 metros. Possuímos medidas de proteção desde o planejamento, organização e a execução garantindo a segurança e a saúde dos colaboradores;

Certificado de NR33: equipe treinada para operações em espaço confinado, qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, aplicável a grande parte de reservatórios de maior volume;

NR 33 – Supervisor de Entrada: Todas as equipes contam com colaboradores aptos a desempenharem a função de Supervisor de Entrada para espaços confinados (Treinamento de 40 horas);

Treinamentos de Resgate: Regularmente são realizados treinamentos para operações de resgate em espaço confinado;

Programa de Proteção Respiratória: O propósito do programa é controlar doenças ocupacionais provocadas por inalações de poeiras, fumos, névoas, fumaças, gases e vapores.

Fotos antes e depois da Limpeza de Caixas D’água | São Paulo

Antes

Depois

Precisa de ajuda? Converse Conosco