fbpx
Imagem Destacada

Cuidados com a caixa d’água na prevenção da Dengue, Chikungunya e Zika.

Com a chegada da época mais quente do ano e com suas frequentes pancadas de chuva, os mosquitos do gênero Aedes, que são vetores de transmissão da Dengue, Chikungunya e Zika, aceleram seu ciclo reprodutivo. Pensando nisso, vamos dar algumas dicas de cuidados com a sua caixa d’água para evitar a proliferação dos mosquitos do gênero Aedes.

Entendendo o gênero Aedes: 

Existem duas principais espécies do gênero Aedes que são de grande preocupação para a saúde pública, por serem transmissores de uma série de doenças:o Aedes aegypti e o Aedes albopictus.

  • Aedes aegypti:  

Aedes aegypti – Atenção ao detalhe do formato de lira no dorso

Este é o mosquito que conhecemos amplamente por transmitir a dengue, mas também é o vetor de transmissão da chikungunya, e zika. OAedes aegypti é extremamente adaptado ao ambiente urbano e tem uma morfologia bem característica por ser menor que os mosquitos comuns, com uma coloração preta  e com pequenos riscos brancos.

As fêmeas A. aegypti preferem o sangue humano como fonte de proteína ao de qualquer outro animal vertebrado.

  • Aedes albopictus

Aedes albopictus – Atenção na lista branca longitudinal no dorso

Este é considerado um vetor secundário, principalmente do vírus da dengue, apresentando características morfológicas muito semelhantes à do Aedes aegypti.  No Brasil, ainda não há nenhum registro de exemplares adultos infectados com o vírus da dengue.Mas em países asiáticos, é o responsável por alguns surtos da doença em regiões onde o A. aegypti não é encontrado. Estes têm uma preferência maior por áreas cobertas por vegetação (exofílico) e não apresentou preferência de alimentar de sangue humano ou de qualquer outro animal de sangue quente (mais generalista).

Como ocorre a transmissão de Dengue, Chikungunya e Zika?

O vírus tanto da dengue quanto zika e da chikungunya é transmitido às pessoas através das picadas de mosquitos infectados da espécie Aedes.


 Imagem adaptada CDC:  Ciclo de do Aedes aegypti e o Aedes albopictus

Os mosquitos são infectados quando picam uma pessoa infectada pelo vírus. Os mosquitos infectados podem espalhar o vírus para outras pessoas através de picadas. Uma vez que a fêmea é portadora do vírus, há uma grande probabilidade da sua prole nasça infectada (transmissão vertical).

Quais cuidados devemos ter com os nossos caixas d’água e reservatórios?

  • Manter seus Reservatórios, caixas d’água, cisternas e poços fechados e vedados;
  • Utilizar uma tela caso seu seus Reservatórios, caixas d’água, cisternas ou poços não tenham tampa própria;
  •  Dosagem de Biocida (cloração):  O Ministério da Saúde reconhece que a solução de hipoclorito de sódio na água é eficaz na eliminação de larvas do mosquito Aedes Aegypti. Realizar a manutenção da concentração de solução biocida adequada nos sistemas de água ajuda a eliminar as larvas do mosquito.

Importante: A solução de hipoclorito de sódio na água teve seu mecanismo de ação averiguado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) sobre a ação do cloro e seus derivados. O estudo mostrou que o produto impede o desenvolvimento das larvas do mosquito, que acabam morrendo.

Ressaltamos que tanto a Dosagem de Biocida (cloração) quanto a Limpeza de Caixas d’água e Reservatórios são importantes também para controlar outros vetores de transmissão de doenças provocadas por bactérias patogênicas (como o grupo dos coliformes) e bactérias oportunistas (como a Legionella e a Mycobacterium), além de controlar o desenvolvimento de biofilmes nos sistemas de água.  Além disso, ainda recomendamos a realização periódica de Análises de água para certificar que água está dentro dos parâmetros ideais de consumo e livres de microrganismos.

Outras formas de prevenção: 

Vale salientar que para a prevenção eficaz da proliferação dos mosquitos do gênero Aedes é preciso eliminar qualquer tipo de água armazenada que pode se tornar um possível criadouro, como em vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção entre outros recipientes que possam acumular água.

Também recomenda-se a utilização de repelentes e inseticidas, seguindo as instruções do rótulo. Além disso, a utilização de mosquiteiros proporciona boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês e trabalhadores noturnos.

Precisando realizar a sua higienização e limpeza de caixa d’água semestral? A Microambiental, a partir de tecnologias inovadoras e de ponta, elabora a limpeza de caixas d’água e higienização de reservatórios, de forma rápida e a nossa tecnologia garante a retirada do Biofilme e não compromete o revestimento do seu reservatório.






POSTS RELACIONADOS

Copyright 2016 Microambiental | Desenvolvido por Lamattina Marketing Digital

Precisa de ajuda?
Converse Conosco