Os benefícios da limpeza de caixa d’ água são indiscutíveis, mas sempre carecem de melhores esclarecimentos.

Primeiro porque é o local em que armazenamos a água que consumimos, seja diretamente (ingestão de água, higiene e preparo de alimentos, higiene pessoal e bucal, dentre muitos outros) ou indiretamente, como na higiene da casa, na higiene de utensílios ou na jardinagem.

Segundo porque grande parte das verminoses e algumas doenças infecciosas são transmitidas por meio da água, além disso, caixas d’ água, sejam residenciais, comerciais ou industriais, são excelentes depósitos de larvas, insetos micro-organismos que se proliferam em grande escala em águas limpas associadas a temperaturas mais elevadas, que são características constantes no Brasil.

Lembrando que as larvas do mosquito Aedes aegypti, vetor transmissor da Dengue, desenvolvem-se em água parada, e por isso a importância de se manter a caixa sempre fechada e protegida com telas para impedir a entrada de insetos.

No caso de residências, vamos listar algumas dicas para que os responsáveis por elas possam ter boas diretrizes para fazer a limpeza regular de suas caixas d’ água.

Antes disso responderemos à pergunta mais comum em relação a essa limpeza:

Com qual frequência devo limpar minhas caixas d’ água?

R: A maioria dos órgãos e entidades públicas como CVS, ANVISA, PMSP, SABESP recomendam a limpeza de 6 em 6 meses para evitar a formação de biofilme nas superfícies e eventual contaminação por bactérias ou outros micro-organismos e se certificar de que tudo está adequado aos padrões mínimos de qualidade para seus consumidores.

Quais são os procedimentos que devo adotar para fazer a correta limpeza de minha caixa d’água?

Abaixo estão as dicas para que se possa fazer o check-list quando estiver realizando tais procedimentos:

Dicas para limpeza de caixa d água

Os seguintes materiais serão necessários:

– Balde
– Panos limpos
– Esfregão com cerdas macias ou esponja nova
– Uma pá

Agora vamos aos procedimentos:

1. Feche o registro e utilize a água da caixa até deixar aproximadamente um palmo de água e então feche as saídas da caixa.

2. Utilize pano e esponja macia para limpar o fundo e as paredes internas do reservatório. Se for necessário, utilize pá plástica e escova de cerdas macias para retirar excessos de sujeira/resíduos da caixa d’água. Não utilizar detergentes ou produtos derivados para esta etapa.

3. Retire a água utilizada no processo de lavagem e a sujeira remanescente com uma pá, baldes e panos limpos.

4. Agora encha a caixa d’água com cerca de 1 palmo de água e, depois feche o registro de entrada.

5. Para o caso de uma caixa de 1.000 litros, adicione 1 litro de água sanitária. No caso de uma caixa de 500 litros, adicione 0,5 litros de água sanitária. Deixe a solução agir por duas horas e depois a passe por todas as paredes do reservatório com o auxílio de um pano úmido.

6. Agora abra o registro de saída, torneiras, chuveiros e descargas fazendo com que a solução de água sanitária escoe pela tubulação, fazendo a desinfecção de suas superfícies internas.

7.Após drenar a solução, feche todas as torneiras, chuveiros e descargas e abra o registro de entrada para encher a caixa d’água com água limpa. Por segurança, para se eliminar qualquer resíduo de solução que tenha ficado nas tubulações e para se retirar ar na linha é importante drenar por alguns minutos os primeiros volumes de água nova da caixa d’água.

8. Tampe a caixa, certificando se está totalmente vedada e deixe registrada a data para a próxima limpeza da caixa d’água.