Assim como nos preocupamos com a limpeza das áreas comuns dos condomínios em que moramos, precisamos também cuidar para manter as caixas d’água em condições higiênicas adequadas para o armazenamento da água potável.

É sabido que a água contaminada pode provocar doenças, tais como Hepatite, Cólera ou Diarreia, provocadas por micro-organismos patogênicos, como bactérias, vírus ou protozoários. Vale ressaltar que a contaminação pode ocorrer principalmente pela ingestão ou por causa do consumo de alimentos higienizados com água infectada.

Além disso, existem as doenças causadas por mosquitos que se reproduzem em água doce parada. Por isso, a importância de se manter as caixas d’água sempre bem vedadas e limpas.

Pensando nisso, é importante que os condomínios realizem a limpeza de suas caixas d’água pelo menos duas vezes ao ano. É recomendável que os condomínios optem por empresas especializadas, em que seus colaboradores possuam treinamentos específicos para operar em espaço confinado e que portem EPI’s (Equipamento de Proteção Individual) adequados.

Após a limpeza das caixas d’água, o condomínio poderá contratar análises de potabilidade para averiguar a qualidade da água. O ideal é que as coletas sejam realizadas pelo menos cinco dias após as limpezas.

Veja baixo imagens da caixa d’água antes e depois da higienização:

Limpeza de caixas d'água em condomínios